terça-feira, 7 de abril de 2020

Recém-nascido engasgado é socorrido por Policiais Penais do Presídio do Presídio de Guanhães

GUANHÃES - MG

A imagem pode conter: carro e atividades ao ar livre

A mãe do bebê de 08 dias, reside próximo ao local, e decidiu pedir ajuda aos plantonistas da Unidade
No último domingo (29) uma história inicialmente de desespero, teve um final feliz. Um recém-nascido de apenas 08 dias se engasgou em casa, e sua mãe, que reside próximo ao Presídio de Guanhães, no bairro Novo Cruzeiro, decidiu pedir ajuda aos Plantonistas da Unidade. O pai da criança estava trabalhando no momento do acidente.
Os primeiros socorros foram feitos pela enfermeira Deisiane Borges da Silva, juntamente com o Policial Penal, José Carlos Viana Júnior. Eles estavam na portaria quando mãe e filho chegaram, local onde aconteceu o acolhimento da criança. Na sequência, a mãe e o bebê foram levados para o Hospital, pelo Agente Leandro, acompanhados pela enfermeira. No trajeto, o bebê ainda teve um novo engasgo e foi socorrido novamente.
Segundo informações da Psicóloga do Presídio, Aline Paula e Silva, não é a primeira vez que a comunidade solicita ajuda aos funcionários do presídio, mas o caso de engasgamento foi o primeiro. E foi também a primeira vez que a técnica de enfermagem Deisiane prestou auxílio em um caso como este: “a mãe chegou desesperada, chorando, mas eu consegui fazer o procedimento e ele voltou, graças a Deus”, compartilhou.
Em conversa com a reportagem da Folha, o Policial Viana contou que foi uma situação complicada, mas que no fim, terminou bem: “foi um susto, mas foi bom ver a criança bem, no colo da mãe quando voltou do Hospital, sã e salva. Nem pensamos, agimos o mais rápido possível. Graças a Deus a técnica em enfermagem estava no plantão de domingo.”
Os pais da criança agradeceram imensamente aos profissionais do Presídio por terem salvado o filho deles, que é o primeiro do casal.
CONVÊNIO
A profissional de enfermagem, faz parte de uma equipe fruto do Pnaisp – Política Nacional de Atenção Integral à Saúde das Pessoas Privadas de Liberdade. O Projeto é um convênio da Prefeitura de Guanhães com a Secretaria de Estado de Saúde. O Estado paga esses profissionais através do município, que mantém diversos outros profissionais da área da saúde: Técnica de Enfermagem, Enfermeiro, Médico, Dentista, Psiquiatra e Assistente Social.

FONTE: Folha De Guanhães
Fotos: Polícia Penal GH/ Reprodução Internet

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste site correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor gestor.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.