quinta-feira, 26 de dezembro de 2019

Jovem que salvou menino de pitbull ganha curso de segurança no Rio

Um vídeo de um jovem salvando um menino de um ataque de um cão pitbull no Rio de Janeiro viralizou nas redes sociais, e Patrick do Céu, de 20 anos, tem recebido muita ajuda de todos os lados pela sua coragem.
Ele tem uma filha e atualmente não está trabalhando, mas ganhou um curso na área de segurança e o conserto grátis do telefone celular que quebrou durante a luta com o cachorro. A oferta do curso foi feita por um telespectador da TV Globo.
“Estamos oferecendo a oportunidade para que você faça um curso de segurança, caso essa seja a vontade dele”, disse o telespectador Wanderson Abreu. Já a oferta de conserto do celular, veio de outro telespectador.
Câmera registra o momento do ataque
Patrick é vizinho do pequeno João, de 5 anos, e salvou a criança na última quinta, 19, no Parque Anchieta, Zona Norte do Rio. Uma câmera de segurança registrou o exato momento em que o animal atacou o menino e Patrick lutou contra o o cachorro.
Ele conseguiu proteger João colocando a criança em cima de um carro estacionado na rua e depois subiu nele também. (vídeo abaixo). Os dois ficaram quase meia hora no teto do automóvel esperando por ajuda.
O cachorro
O pitbull, cujo dono ainda não foi localizado, estava na rua e correu atrás da criança que brincava de patinete. Patrick não culpou o animal e disse que o cão já tinha sinais de ferimentos, que poderiam ser de maus tratos. “Nenhuma raiva. O cachorro é inocente. É igual uma criança”, disse ele ao G1.
Ele contou que o pitbull apareceu na rua na última quarta-feira, 18, que estava sem dono e que chegou a dar água e comida ao animal.
Herói pensou na filha
Patrick disse que pensou na filha passando pela situação e se sentiu obrigado a ajudar. “Não sou herói, longe disso. Quando vi o que estava acontecendo, só consegui pensar na Lara. Fiz por aquele menino o que eu faria por ela. Não pensei em mim em nenhum momento, só queria fazer com que ele ficasse seguro. Agi por instinto”, contou ao Extra.
A babá do menino, que está com o braço imobilizado, contou que o cachorro começou a ficar agressivo quando viu crianças brincando de patinete. Ela quebrou o braço após o ataque e se protegeu ao ver que a criança estava segura em cima do carro.
O cão está no Instituto de Medicina Veterinária Jorge Vaitsman, em São Cristóvão. De acordo com a Vigilância Sanitária, ele deve ficar em observação por dez dias.
Veja o vídeo do momento que Patrick salva o menino:

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste site correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor gestor.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.