segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

FUGAS - SUPERLOTAÇÃO DE PRESOS - ESTRUTURA PRECÁRIA E DEFICIT DE SERVIDORES PRISIONAL FAZ DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE MINAS PEDIR INTERDIÇÃO DO PRESÍDIO DE JANAÚBA MG (NORTE DE MINAS)


17 DEZ 2018

A Defensoria Pública do Estado de Minas Gerais (DPMG), por meio de sua atuação em Janaúba, obteve na justiça o deferimento de pedido de tutela antecipada para que no Presídio Regional da cidade não sejam custodiados presos oriundos de outras comarcas, sem autorização prévia e fundamentada do Juízo da Execução Penal. A ação civil pública para interdição do presídio foi proposta em 2011 pelo Ministério Público, que teve o pleito liminar negado (nº 0351.11.000771-0).

Em 2015, a DPMG teve deferido pedido de intervenção litisconsorcial e, desta forma, participou da audiência de instrução e julgamento, apresentando então as alegações finais. No entanto, a partir de julho de 2017 foi encerrada a concessão da prisão domiciliar aos detentos no regime semiaberto, o que resultou em um aumento considerável da população carcerária.

Assim, a Defensoria Pública, por meio do Defensor Público Gustavo Dayrell, formulou novo pedido de tutela antecipada, sendo deferido pelo juízo da 2ª Vara Cível da Comarca de Janaúba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste site correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor gestor.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.