sexta-feira, 30 de novembro de 2018

O Norte de Minas perde um dos seus principais Jornalista/Radialista, e nós perdemos um grande amigo

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, texto e close-up

Sistema Prisional inaugura atendimento aos presos por videoconferência agilizando a assistência jurídica


Economicidade e agilidade são as principais características desta prática de atendimento que contribui para o processo de ressocialização dos presos
De uma sala do Prédio Gerais da Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, a equipe da Diretoria de Articulação do Atendimento Jurídico da Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap) iniciou esta semana o serviço de atendimento por videoconferência. Os detentos do Presídio de Açucena, situado a 290 quilômetros de Belo Horizonte, foram os primeiros a receber orientações e informações acerca de benefícios, sentenças, recursos, datas de audiência, dentre outros.
O objetivo do serviço é acolher e agilizar aquela que é considerada pelos presos a mais importante demanda de atendimento, o andamento processual. Possivelmente, caso houvesse um ranking, seria a número um dos “catus”, gíria usada pelos presos para designar os bilhetes escritos por eles com os mais diversos pedidos.
A analista técnico jurídico (ATJ) Nathalia Rocha Faccio Perez é a servidora que inaugurou os atendimentos na última terça-feira, 27.11, para 95 detentos do Presídio de Açucena, cujos trabalhos terminaram na quinta-feira, 29.11. Nathalia ingressou na Seap por meio de concurso público em 2015 e já trabalhou nas unidades prisionais de Santa Luzia e Vespasiano, antes de atuar na diretoria. “Não há diferença na qualidade do atendimento ao preso pelo fato de ser por meio de videoconferência. O que os presos querem é objetividade, precisão e rapidez”, avalia Nathalia.

Basta presenciar algumas sessões das videoconferências jurídicas e conversar informalmente com os presos para constatar a avaliação. Em no máximo dez minutos todas as dúvidas são resolvidas e os presos recebem as informações desejadas. Kécio Júnior de Araújo Gomes, 24 anos, é um destes presos que precisava saber sobre o prazo para progressão de regime e quando teria a primeira saída temporária. “Fiquei mais tranquilo com as explicações que recebi. Já fui atendido pessoalmente, mas vale do mesmo jeito”, garante Kécio.
Eficácia
Para o diretor de articulação do atendimento jurídico, Daniel Mendonça da Rocha, a videoconferência vai muito além do cumprimento de prazos estabelecidos para atender a um determinado número de presos. “O serviço remoto gera economia para o Estado com deslocamento e, em alguns casos, até com hospedagem. “É uma forma de suprir a necessidade de mais assistentes técnicos jurídicos e superdimensionar a força de trabalho existente”, explica o diretor.
Há também outro fator de economia para os cofres públicos, gerado pela verificação de eventuais atrasos na progressão de regime ou até mesmo no direito a um alvará de soltura. O que significa a redução da permanência dentro das unidades prisionais, com possíveis saídas diárias para o trabalho externo, e ainda o retorno para casa.
Os presos provisórios, aqueles ainda não condenados, normalmente estão em busca de informações jurídicas relacionadas a datas de audiência de instrução e julgamento, ao teor da sentença, ao cálculo de benefícios e a viabilidade de entrar com recursos. Os presos condenados procuram saber sobre o direito a benefícios.
A unidade prisional de Três Marias está na previsão para receber o próximo atendimento jurídico por videoconferência.
Texto e fotos: Bernardo Carneiro
FONTE: SEAP MG

quinta-feira, 29 de novembro de 2018

LUTO! SISTEMA PRISIONAL DE MG



Hoje o Sistema Prisional Mineiro perde mais um Agente de Segurança Penitenciário em virtude de autoextemínio, Asp Leidinaldo Ladeira, que até a presente data estava lotado no ceresp da Gameleira, cometeu suicídio por um ato de desespero, sua vida perdeu  o sentido. Era um excelente profissional, que diga-se de passagem, até aonde eu tenho conhecimento, estava sendo acompamhado pela Diretoria de Saúde do Servidor somado ao total apoio pelos servidores do CERESP. Todavia, infelizmente não fora possível evitar esta fatalidade. 

Deixo aqui, minha opinião:

Se por um lado existem questões pessoais para se realizar o ato, por outro o contexto social, sobretudo o Sistema Prisional termina por incentivar quem já tem predisposição para ceifar a própria vida. 
A situação cotidiana dos Agentes de Segurança Penitenciários requer muita atenção. Primeiro, porque realizamos um trabalho em que estamamos cotidianamente sobre pressão. Todos os dias lidamos  com aquilo que é exceção para a maioria das demais profissões. Homicidas, estupradores, assaltantes, motins, rebeliões e tantas outras situações complexas fazem parte do cotidiano do trabalho do Agente Penitenciário. 

Outro aspecto a se destacar é a grande quantidade de trabalho de que o ASP tem, estou como Diretor, mas admito, com constante pressões de algumas chefias para suprir a demanda do dia a dia no cárcere, corrobora para enfraquecer a saúde mental destes profissionais.  

Outro fator não menos importante e a situação econômica do Estado, fazendo com que tenhamos uma remuneração parcelada e ruim, logo, o operador de segurança não vislumbra outra alternativa a não ser o famigerado "bico" para sustentar a sua família. A situação fica ainda mais delicada, com isso, Agentes Penitenciários dentre outros operadores da seguranca publica utilizam a hora de folga para realizar outros trabalhos o que aumenta seu grau de stress. Ou seja, realizam um trabalho emocionalmente e muitas vezes fisicamente extenuante e não possuem tempo para se recuperar. É expressiva a quantidade de Agentes Penitenciários que possuem dívidas como, por exemplo, um empréstimo consignado, o que aumenta a pressão no indivíduo. 

É preciso, ainda, considerar que muitos Agentes Penitenciários  estão sob chefias que possuem pouco preparo para lidar com a situação emocional dos Servidores, talvez até porque  também precisam de ajuda. Estamos imersos em uma cultura masculina onde dor e sofrimento deve ser a todo custo escondido. Também é muitas vezes mal visto se procurar auxílio psicológico, visto por alguns como coisa de fracos ou de quem quer fugir do trabalho.

A maioria dos Agentes de Segurança Penitenciário Mineiro sentem, sem generalizar, uma grande maioria, que seu trabalho não é valorizado pela sociedade, pelo Judiciário, pelo Ministério Público, sem demora é criticado pela mídia. Sem contar a pressão de alguns colegas de trabalho, por meio das críticas, da difamação, da calúnia dentro outros meios que fumina a saúde mental do colega de trabalho.Uma nítida sensação entre os Agentes de que eles estão abandonados. 

O suicídio do operador de Segurança Pública precisa deixar de ser um tabu e se tornar um tema de primeira grandeza na agenda dos governantes. É preciso criar programas de prevenção ao suicídio com profissionais das instituições de Segurança, precisam propor melhorias efetivas nas condições de trabalho cotidiana dos Agentes Penitenciários, sobretudo do Mineiro, avaliar in loco como é a pressão cotidiana. Mas, não bastam promessas. 

A população precisa reconhecer melhor o trabalho dos bons Agentes de Segurança Penitenciário, a sua imensa maioria. Todos nós precisamos agir para combater uma das maiores causas de vitimização, o descaso com que somos tratados.

Desculpem pelo desabafo, não "joguem pedras", é só uma opinião.

Rodrigo Malaquias 
Agente Penitenciário 
Diretor Geral 
Ceresp Gameleira

SISTEMA PRISIONAL DO TRIÂNGULO MINEIRO EM DESTAQUE NO ESPORTE

Agentes Penitenciários do Presídio de Ituiutaba (PRITU) conquistou o 2° lugar no campeonato de futebol do 54°BPM

SENASP INFORMA: A atualização deve ser feita pelos alunos na opção "DADOS PESSOAIS". Estas informações são fundamentais sobretudo para os alunos que foram aprovados no curso de CONDUTORES DE VEÍCULOS DE EMERGÊNCIA



MW-NOTÍCIAS/MG
29 NOV 2018

A Secretaria Nacional de Segurança Pública comunica a todos os usuários da Rede EaD Senasp solicitando atualização dos dados pessoais no Ambiente Virtual do Aluno.

A atualização deve ser feita pelos alunos na opção "DADOS PESSOAIS". Estas informações são fundamentais sobretudo para os alunos que foram aprovados no curso de CONDUTORES DE VEÍCULOS DE EMERGÊNCIA.

É importante acessar o ambiente do aluno e confirmar se os dados estão corretos (nome, telefone e CNH).

Em caso de dúvidas faça contato com o Tutor master de seu Estado. Os dados para contato encontram-se no endereço:

http://portal.ead.senasp.gov.br/academico/editoria-c

(basta copiar e colar o endereço em seu navegador)

Pela primeira vez na história da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) um Agente Penitenciário vai comandar a pasta - RIO DE JANEIRO

Agente à frente da Seap no governo Witzel
André Caffaro comandará pasta. Outros 4 foram anunciados


Por ADRIANA CRUZ
Rio - Pela primeira vez na história da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) um agente vai comandar a pasta. O coordenador de Saúde Ocupacional, André Caffaro Andrade, foi o escolhido pelo governador Wilson Witzel, do PSC. Embora não tenha sido anunciado oficialmente, Caffaro já está fazendo o trabalho de transição com a atual equipe. Outros quatro secretários foram anunciados.
Caffaro vai substituir o atual secretário David Anthony que foi escolhido para comandar a Seap pelo Gabinete de Intervenção Federal. A escolha de um agente para o cargo era um promessa de campanha do governador eleito. Nos bastidores, Caffaro é considerado um bom agente, mas nunca teria comandado uma unidade prisional. Formado em Odontologia, ele é cirurgião-dentista e coordenada a saúde ocupacional desde de 2016. Com a escolha do novo secretário da Seap, Witzel fechou a cúpula da Segurança. Para secretários da Polícia Civil e Militar, o governador eleito escolheu, respectivamente, o delegado Marcus Vinícius Braga e o coronel Rogério Figueiredo de Lacerda.
Na escolha do novo staff, os militares podem até terem opinado, mas o fato é que nenhum dos que ocupam cargos na atual estrutura da Segurança foi mantido.
Mulheres: Ambiente e Direito Humanos
Witzel anunciou as primeiras mulheres que vão integrar seu governo. A bióloga Ana Lúcia Santoro fica com a Secretaria do Ambiente e Sustentabilidade e a jornalista Fabiana Bentes assume a pasta do Desenvolvimento Social e Direitos Humanos.
Witzel confirmou o médico e diretor-geral do Hospital Pedro Ernesto, Edmar Santos, na Saúde; e o engenheiro agrônomo e bacharel em Direito Luiz Claudio Rodrigues de Carvalho na Fazenda. Estão confirmados 12 secretários do futuro governo.
Witzel destacou o caráter técnico do seu governo. Ana Lúcia garantiu que assume com seriedade e conhecimento técnico. "O nome da secretaria agora é do Ambiente e Sustentabilidade e esta é a palavra agregadora entre desenvolvimento econômico e comprometimento ambiental". Fabiana Bentes se disse motivada: "Entrei na comunidade da Maré em 2015 com o objetivo de fazer bastante coisa. Não consegui fazer tudo, mas vou continuar tentando". Carvalho disse que o desafio é implantar uma política fiscal austera: "Trata-se de uma agenda de reconstrução e renegociação das condições fiscais do Estado".
"Vamos trabalhar com transparência, liderança participativa e eficiência na gestão. E buscar essa discussão para integrar os diferentes atores que atuam na saúde", disse o futuro secretário de Saúde.
Documento chega em casa
Também foram anunciados o engenheiro Uruan Cintra de Andrade para a presidência do DER e Luiz Carlos das Neves, novo presidente do Detran. Uma das primeiras medidas de Neves será o fim da vistoria anual. Quarta-feira, em reunião com o deputado estadual eleito Léo Vieira (PRTB), Witzel garantiu que a vistoria acaba em janeiro.
"O governador eleito me assegurou que, a partir do ano que vem, pagou o IPVA recebe o documento em casa", disse Léo, enfatizando que a defesa dessa bandeira foi um ponto comum na campanha dele e de Witzel. "Isso (vistoria) chateava o usuário", destacou.
FONTE: O DIA

 

terça-feira, 27 de novembro de 2018

D'POLICE FARDAMENTOS - SITE: https://www.dpolice.com.br/



D Police


(31) 3293-5006
(31) 99534-2643

RUA PLATINA, 409 PRADO - BELO HORIZONTE, MG - CEP: 30411-131 - D POLICE COMÉRCIO E INDUSTRIA DE ARTIGO CIVIL E MILITAR - CNPJ: 20.546.775/0001-74

SISTEMA PRISIONAL MINEIRO - APOSENTADORIA ESPECIAL

Créditos:Sindasp - MG

Direito de servidor público que exerça atividades de risco de obter aposentadoria especial com proventos calculados com base na integralidade e na paridade. (Tema 1019 - STF)
Leia mais


EMPRÉSTIMO CONSIGNADO PARA SERVIDORES PÚBLICOS DE MINAS GERAIS - SOLICITAR AQUI

segunda-feira, 26 de novembro de 2018

Agentes Prisionais do Presídio Alvorada fazem apreensão de invólucro arremessado por criminosos



Foto: Materiais apreendidos


MW-NOTÍCIAS/MG
26 NOV 2018

Nesta segunda-feira, (26.11), criminosos arremessaram materiais ilícitos para o interior do Presídio Alvorada de Montes Claros, e no momento foram interceptados pelos Agentes Penitenciários da Equipe D.

Diante de uma vigilância eficaz, profissionalismo e agilidade ímpar, os Agentes Prisionais, lograram êxito e impediram que todo o material apreendido chegasse até os presos.

A apreensão ocorreu na madrugada, quando indivíduos invadiram área pública externa da Unidade Prisional, por uma das ruas laterais, que não tem iluminação e pavimentação e arremessaram o invólucro para o interior do Presídio aproveitando da precária estrutura da segurança penitenciária.

sábado, 24 de novembro de 2018

AGENTE PENITENCIÁRIO RODRIGO MACHADO RECEBE DIPLOMA DE MÉRITO NA CÂMARA MUNICIPAL DE BH


Vereador Carlos Henrique confere Diploma de Mérito ao Rodrigo Machado (SISTEMA PRISIONAL) 


MW-NOTICIA/MG
24 NOV 2018

O SINDASP-MG, representado na pessoa do Assessor Jurídico Damião participou de mais uma conquista valorosa para os profissionais do Sistema Prisional de Minas Gerais, pois o Agente Penitenciário Rodrigo Machado, hoje (24.11), foi reconhecido pelo mérito, serviços prestados e destaque na instituição SEAP/MG, na Câmara Municipal de Belo Horizonte, agraciado com o Diploma de Honra ao Mérito do Legislativo da Capital Mineira.

O SINDASP-MG se fez presente para homenagear o Agente Penitenciário que atualmente exerce o cargo de Diretor Geral numa das unidades prisionais mais complexas do Estado de Minas Gerais, mesmo assim, ele veste a pele dos “CAVEIRAS”, ou seja, o traje que defende as insígnias do Sistema Prisional, e consigo sempre carrega o espírito de liderança, lealdade e humanidade.

SISTEMA PRISIONAL MG UM CONTRASTE ATUAL - ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO FINAL DE SEMANA EM DESTAQUE


Confusão na penitenciária de Uberaba deixa feridos, diz Seap
Quatro agentes e seis detentos ficaram feridos, sem gravidade, informou a Secretaria de Estado. Confusão aconteceu na tarde desta quinta-feira (22).
Por G1 Triângulo Mineiro
22/11/2018

Agentes de segurança controlaram uma confusão na Penitenciária Professor Aluízio Ignácio de Oliveira, em Uberaba, por volta das 16h20 desta quinta-feira (22). A informação foi divulgada pela Secretaria de Estado de Administração Prisional de Minas Gerais (Seap-MG).
Em nota, a Seap informou que "a confusão começou durante um procedimento de revista, quando os presos não aceitaram a ação dos agentes e começaram a agredir os servidores. Foi necessário o uso de munição menos letal para controlar o tumulto".
Ainda de acordo com a secretaria, quatro agentes e seis detentos ficaram feridos, sem gravidade. Eles foram atendidos na enfermaria da unidade prisional e depois foram encaminhados à uma das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).
"A direção da penitenciária irá instaurar uma investigação preliminar e analisará as imagens do circuito interno de TV para apurar administrativamente o fato", informou a Seap-MG.
Preocupados com a situação, familiares de detentos estiveram em frente a penitenciária em busca de informações sobre o ocorrido.

FONTE: G1

UBERABA

Superlotado: Presídio de Patos Minas atinge o maior número de presos da história

A Secretaria de Estado de Administração Prisional- SEAP- diz que a situação vem ocorrendo em todo o país e que vem trabalhando para gerir as vagas.
Presídio Sebastião Satiro - Patos de Minas (Foto: Arquivo Patos Hoje)
O Presídio Sebastião Satiro, de Patos de Minas, atingiu esta semana o maior número de presos da história da unidade. São 440 pessoas recolhidas nas celas do estabelecimento prisional que possui vagas para apenas 167 detentos em regime fechado. A Secretaria de Estado de Administração Prisional- SEAP- diz que a situação vem ocorrendo em todo o país e que vem trabalhando para gerir as vagas.
De acordo com a Assessoria de Comunicação da SEAP, a superlotação não é uma particularidade de Patos de Minas, e nem do estado de Minas Gerais, e sim, uma realidade nacional. A Seap ressaltou que está envidando esforços para reduzir o impacto da lotação por meio da gestão eficiente de vagas.
A Seap destacou também a importância do diálogo permanente com as instituições do sistema criminal, tais como a Vara de Execução Penal, Ministério Público e Defensoria Pública para a busca de soluções relativas ao sistema prisional mineiro, evitando-se, assim, maior déficit de vagas em decorrência da superlotação.
O Patos Hoje também perguntou se há algum projeto para expansão do Presídio, mas com relação a isso não teve posicionamento. Especialistas vêm defendendo mudanças no encarceramento dos presos. Além de ser muito caro para o poder público, o sistema não vem surtindo muito efeito, a consequência é o alto índice de reincidência.
O Ministério Público já implementou mudanças na Associação de Proteção aos Condenados – APAC para aliviar a superlotação do Presídio. A Associação passou a receber presos do regime fechado. Outra medida foi o trabalho. Uma unidade de uma indústria de confecção patense firmou uma parceria com os gestores do Presídio Sebastião Satiro para funcionar no interior da unidade.

FONTE: PATOS HOJE

Três homens fazem 'escada humana' e pulam muro para fugir de presídio em Janaúba
Funcionários do local informaram à polícia que irão refazer contagem dos detentos para checar se outros homens não fugiram; até esta publicação, os presos não foram recapturados.
Por G1 Grande Minas

23/11/2018

 Segundo a PM, homens pularam muro do presídio de Janaúba — Foto: Polícia Militar/Divulgação

Segundo a PM, homens pularam muro do presídio de Janaúba — Foto: Polícia Militar/Divulgação 

Três homens fugiram na tarde desta sexta-feira (23) do presídio de Janaúba, no Norte de Minas. De acordo com as primeiras informações da Polícia Militar, os suspeitos são naturais da cidade e teriam feito uma espécie de "escada humana" para conseguirem pular um dos muros altos que cercam o local. A PM informou que o presídio não detalhou a ação dos fugitivos e que está em rastreamento pela região.
Ainda segundo os militares, os funcionários do local disseram suspeitar de que os homens tenham saltado o muro durante o banho de sol, por volta das 15h. A polícia não informou a identidade dos fugitivos. Para a PM, o presídio confirmou que faria recontagem dos detentos para confirmar se outros presos não teriam pulado o muro junto ao trio.
O G1 solicitou nota junto à Secretaria Estadual de Administração Prisional de Minas Gerais (Seap). Até esta publicação, o órgão não esclareceu o que houve no local. Por telefone, agentes penitenciários de Janaúba disseram não terem autorização para detalhar o caso.

Veja mais notícias da nossa região em G1 Grande Minas.


sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Agentes penitenciários podem usar barba em serviço, decide TJMG

A norma antiga vedava a utilização de barba, costeletas, cavanhaques e cortes tipo moicano, surfista e topete
A norma antiga vedava a utilização de barba, costeletas, cavanhaques e cortes tipo moicano, surfista e topete

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) derrubou a resolução que impedia os agentes penitenciários do Estado de usarem barba. A decisão vem após o Sindicato dos Agentes de Segurança Penitenciária de Minas Gerais mover um mandado de segurança contra a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), de onde veio a resolução impeditiva. 
Trata-se da Resolução SEDS 1526/14 que vedava a utilização de barba, costeletas, cavanhaques e cortes tipo moicano, surfista e topete pelos agentes. 
O Sindicato alegou que a Lei 14.695/2003, que criou a Superintendência de Coordenação da Guarda Penitenciária e a carreira de agente de segurança penitenciário, não veda o uso de barba para o ingresso no curso de formação de técnico-profissional e que, portanto, a resolução atenta contra os direitos de personalidade. 
Já a Seds defende que a proibição do uso de barba não constitui preconceito, mas apenas prestigia a segurança no trabalho e a higiene do servidor. 
A desembargadora Yeda Athias, relatora do mandado de segurança, considerou que, se a atividade exercida tornasse o uso da barba prejudicial, como por exemplo na indústria alimentícia, esta seria uma questão de higiene e a proibição faria sentido, mas, no caso dos agentes penitenciários, não muda em nada. A decisão de suspender a resolução é da 6ª Câmara Cível do TJMG. 

FONTE: HOJE EM DIA

TRF4 CONFIRMA DIREITO AO PORTE DE ARMA DE FOGO A AGENTE PENITENCIÁRIO TEMPORÁRIO


Resultado de imagem para PORTE DE ARMA AGENTE PENITENCIÁRIO

O fato de o agente prisional/penitenciário ter sido contratado em regime temporário não significa que exerça atividades diversas do servidor efetivo, muito menos que não esteja exposto aos mesmos riscos inerentes à natureza da atividade desempenhada, devendo ter acesso ao porte de arma de fogo. Com esse entendimento, a 3ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) negou recurso da União e manteve liminar que garantiu o direito ao agente.
O servidor ajuizou ação após ter o pedido negado administrativamente. Ele argumentou que o porte é necessário, pois trabalha em atividade de risco e os agentes penitenciários costumam ser ameaçados de morte pelos presos.
Sustenta que preenche todos os requisitos para a concessão, não havendo qualquer condenação ou parecer desfavorável em relação a ele. Afirma que os horários em que está de folga são especialmente perigosos, tendo em conta as estatísticas de atentados contra a vida dos agentes, nestes períodos. Aponta que a periculosidade está comprovada também pelo fato de receber o referido adicional.
A 1ª Vara Federal de Chapecó (SC) concedeu tutela antecipada e a União recorreu ao tribunal. Segundo a Advocacia-Geral da União (AGU), o direito a portar arma de fogo só pode ser concedido a integrantes do quadro efetivo, não tendo o autor comprovado existência de risco ou ameaça à vida.
Segundo a relatora, desembargadora federal Marga Barth Tessler, “é fato notório que os riscos da atividade não são adstritos ao ambiente interno dos complexos penitenciários, estendendo-se ao ambiente 'extra-muros', em razão de eventual conflito ou qualquer outra insatisfação dos segregados com as atividades exercidas pelo autor durante a atividade laboral”.
“Presente a prova do risco excepcional da atividade desempenhada, bem como a inexistência de qualquer óbice de caráter psicológico, técnico ou de conduta do autor, entendo que resta suficientemente comprovada a probabilidade do direito alegado, sendo imperioso o provimento liminar para que seja expedida a autorização pretendida”, concluiu a desembargadora.
5005345-73.2016.4.04.7202/TRF

JURÍDICO - AGENTES PENITENCIÁRIOS & SOCIOEDUCATIVOS

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

SINDASP-MG INFORMA: LIMINAR QUE PROÍBE BANCO DO BRASIL EFETUAR DESCONTO EM FOLHA


quinta-feira, 22 de novembro de 2018

Convite - FINAL DO CAMPEONATO RURAL DE MONTES CLAROS MG


SISTEMA PRISIONAL DE MG EM REVOLUÇÃO PARA VOZ E VEZ DO AGENTE PENITENCIÁRIO

ENTIDADES REPRESENTATIVAS DO SISTEMA PRISIONAL NUMA SÓ VOZ EM DEFESA DA CATEGORIA




Nesta última quarta-feira (21), às 21 horas, na sede do SINDASP-MG, os Agentes Penitenciários de Minas Gerais deram início a Revolução de classes focada na união do sindicato e das associações para alavancar o interesse da coletividade e priorizar a carreira do Agente de Segurança Penal. 

O Agente Prisional Presley foi o orador da reunião, os quais o Agente Luiz Gelada (AMASP) e o Agente Wanderson Costa (Vice-Presidente) foram os porta-vozes das agremiações representativas, assim uma revolução com bandeiras com o objetivo de conquistar seu espaço no segmento segurança pública prisional.

Na reunião os Agentes Prisionais concluíram que no dia 5 de dezembro de 2018, às 9 horas na ALMG ocorrerá uma Reunião para pautar a Equipe de Transição do Sistema Prisional no Governo Zema. Os Agentes Penitenciários das 19 RISP participaram em massa e selaram o apoio ao MOVIMENTO, pois vejam o vídeo:



Portanto, todos os Agentes Penitenciários estão convocados para a MOBILIZAÇÃO, que discutirá o futuro do Sistema Prisional e indicarão os integrantes de carreira da categoria, as lideranças clamaram que as Entidades de Classe a partir de agora falam uma só voz para a valorização, o respeito e crescimento profissional. Então, afirmaram os Agentes presentes que a luta está apenas começando, e os Agentes Penitenciários são a 2ª força da Segurança Pública mineira.

quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Réplica de tornozeleira eletrônica é vendida na internet

O dispositivo eletrônico é utilizado para atrair mulheres

 Réplica é oferecida em sites
Foto: disponível nas redes sociais

Pode até parecer brincadeira, mas as chamadas tornozeleiras eletrônicas, dispositivo eletrônico utilizado como forma de reduzir a lotação nas penitenciárias do país, vêm sendo considerado um ‘artigo de luxo’ e atrativo para conquistas. Não é difícil encontrar na internet, várias ofertas de réplicas do produto com as seguintes chamadas: “Réplica para você tirar onda nos bailes e conquistar as Marias Droguinhas que você gosta”. Ou ainda “Para você que quer fazer sucesso com as minas essa é a moda”. 


O valor da réplica do dispositivo, em média é de R$ 50, mas em sua maioria, o anunciante pede que os interessados enviem uma mensagem privada para obter mais detalhes sobre a futura compra. Um dos anúncios é feito por um fornecedor de Macaé, na Região dos Lagos do Rio.


Tornozeleiras - Em 2015, o Ministério da Justiça e o Conselho Nacional de Justiça adquiriram o dispositivo, que possibilitaria que presos pudessem cumprir prisão domiciliar.


Pesando pouco mais de 100 gramas, a tornozeleira pode ser facilmente coberta por roupas, o que possibilita que o acusado ou condenado pela Justiça possa circular no perímetro estabelecido do uso da tornozeleira eletrônica de forma discreta.


O equipamento original possui GPS que determina a localização por satélite e um modem para transmissão de dados por sinal de celular. Os dados chegam em tempo real a uma central e qualquer violação gera um alarme.

Parada LGBT de Montes Claros é realizada dia 1º de dezembro

A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, sapatos e área interna
No dia primeiro de dezembro é realizada na Praça dos Jatobás, em Montes Claros, a 13ª parada LGBT, evento que visa celebrar a liberdade de orientação sexual, a promoção da cidadania e a defesa dos direitos humanos.
A festa será no dia de conscientização da Aides e, por isso, terá uma programação especial com distribuição de panfletos, orientações, exames e preservativos, a partir do meio dia, em parceria com a Secretária de Saúde.
A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas, mesa e área interna
As 16h inicia-se a festa com show de Djs, Drags, além da cantora Patrícia Bross que animará a galera em um trio elétrico.
O presidente do Movimento Gay das Gerais (MGC), Cândido Souza, que é um dos organizadores do evento, acredita que mais de 17 mil pessoas estarão presentes.
“O evento está sendo muito bem organizado, estamos com o apoio da Prefeitura, da secretaria de saúde e cultura, todos engajados para a realização dessa festa. Ano passado a parada aconteceu na Avenida Sanitária e reuniu cerca de 10 mil pessoas, este ano esperamos algo em torno de 17 mil, muitos desses muitos vem de outras cidades participar, sempre ressaltando que haverá a presença da Polícia Militar e da Guarda Municipal, para dar mais segurança ao evento”, conclui o presidente.

ATROPELAMENTO - Caminhoneiro atropela criança de 9 anos e foge sem prestar socorro em Brasilândia de Minas

A Menina foi encaminhada para o Hospital Municipal de João Pinheiro. Por causa da gravidade dos ferimentos ela teve a perna esmagada


Um caminhoneiro ainda não identificado atropelou uma criança de 9 anos, na cidade de Brasilândia de Minas. O fato foi registrado no final da tarde desta quarta-feira (21/11), o motorista do caminhão fugiu sem prestar socorro e deixou a população da pequena cidade no Noroeste de Minas revoltada.
De acordo com informações de populares, a criança ao tentar atravessar a rodovia MG-181 que corta a cidade, acabou se desequilibrando e caindo, momento em que foi atropelada pelo caminhão, uma das rodas do caminhão passou por cima da perna da criança que foi esmagada.
Após o acidente o motorista fugiu sem prestar socorro, sentido a cidade de João Pinheiro. A menina foi socorrida para o Pronto Socorro da cidade e pela gravidade do ferimento foi encaminhada para a cidade de João Pinheiro. Infelizmente a perna da menina teve que ser amputada.
A Polícia Militar foi acionada e de acordo com informações preliminares, o caminhoneiro foi preso No Café do Amigo que fica as margens da rodovia. Ele está sendo conduzido para a Delegacia de Polícia Civil para prestar esclarecimentos sobre o acidente.

ACIDENTE - Caminhão estoura pneu e deixa uma pessoa morta e outra ferida na BR- 040, em Paracatu

Um dos passageiros de 34 anos, morreu ainda no local do acidente.
Paulo Sérgio

 
Paracatu - MG
Caminhão estoura pneu e deixa uma pessoa morta e outra ferida na BR- 040, em Paracatu
Divulgação / Polícia Rodoviária Federal

Um acidente envolvendo um caminhão deixou uma pessoa morta e outra ferida na BR-040 em Paracatu. O acidente foi registrado na tarde desta quarta-feira (21) por volta das 17h10min, no KM 58,9 da rodovia.
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) o veículo Ford/Cargo, com placas de Osasco/SP, seguia sentido João pinheiro a Paracatu, quando estourou o pneu dianteiro direito, momento que o motorista perdeu o controle do caminhão, saindo da pista e colidindo em uma árvore.
Segundo a PRF, o caminhão estava ocupado por três pessoas, todas do estado de São Paulo, sendo que um dos passageiros, de 34 anos, morreu ainda no local do acidente. O outro passageiro, de 26 anos, ficou preso as ferragens, sendo  socorrido pela equipe de socorro da Via 040, com ferimentos leves.  O motorista de 47 anos, não sofreu ferimentos.
FONTE: Paracatunews

Justiça considera desvio de função policial escoltar preso a hospital

Decisão foi tomada por unanimidade pelo TJDFT e entende que delegado-chefe que ordenou o serviço extrapolou o poder regulamentador



O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) anulou uma ordem de serviço do delegado-chefe da Polícia Civil que determinava dois agentes realizarem escolta hospitalar de presos. Para os desembargadores, a determinação caracteriza desvio de função.

A escolta deve ser feita por agentes de custódia lotados na Divisão de Controle e Custódia de Presos (DCCP). Mas, enquanto os agentes não estivessem disponíveis para o traslado, a decisão era de que a equipe de plantão garantisse a segurança dos internos durante o trajeto. Para os desembargadores, o delegado-chefe que determinou a realização da escolta extrapolou o poder regulamentador, pois não tinha autorização superior para emitir a ordem.

O caso chegou ao TJDFT por meio do Sindicato dos Policiais Civis do Distrito Federal (Sinpol-DF), que apresentou mandado de segurança contra o DF, visando a nulidade da ordem de serviço. Na primeira instância, a juíza negou o pedido do Sinpol ao entender que a medida não violava os direitos dos policiais. Após o recurso interposto pelo sindicato, o caso foi julgado pelos desembargadores da 5ª Turma Cível, que anularam a ordem de serviço por unanimidade. 

Em nota, o Sinpol alegou uma defasagem de mais de 50% no efetivo da corporação e que a decisão acarretaria agravamento da crise no efetivo. O sindicato espera que, com a chegada de novos agentes policias de custódia à DCCP, "as escoltas hospitalares sejam assumidas pela divisão imediatamente, com a tramitação de expediente por via digital, uma vez que isso já está sendo feito, inclusive, com outros órgãos externos".
A Polícia Civil foi procurada para comentar o caso, mas ainda não se manifestou.

terça-feira, 20 de novembro de 2018

FUTEBOL - PROCESSO SELETIVO DAS DIVISÕES DE BASE DA ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA ATENEU

FOTO: Diretor Social do Ateneu Cláudio Tourinho

20 NOV 2018


O Ateneu idealiza seletiva de atletas entre os dias 20, 21 e 22 de novembro de 2018, para três categorias das divisões de base no Estadio Joao Rebelo, a Diretoria de Futebol visa buscar jogares nascidos entre:  "2004 à 2005 - 2002 à 2003 - 2000 à 2001".
Assim, o nosso futebol renasce através do sonho de todos. O Diretor Social Cláudio comentou a dinâmica dos trabalhos e que num futuro breve o BROCA revelará grandes craques para o futebol, formação de cidadãos e atletas.

FONTE:  MW-NOTICIAS/MG

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO PARA SERVIDORES PÚBLICOS DE MINAS GERAIS - SOLICITAR AQUI

Presos tentam fuga em presídio de Nova Lima, mas são impedidos por agentes

Créditos: Mariana Durães mduraes@hojeemdia.com.br

Os presos cavaram um túnel

Os presos cavaram um túnel na unidade prisional
19 NOV 2018
Detentos do presídio de Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, tiveram a fuga impedida por agentes penitenciários na tarde deste sábado (17). Eles teriam planejado a fuga por um túnel cavado em uma das celas, por onde 37 deles passariam. 
Conforme informou a Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap), "os envolvidos serão transferidos para que os danos materiais sejam reparados"De acordo com a pasta, a intenção de fuga foi descoberta durante uma inspeção realizada pelos agentes no presídio. 
A segurança do presídio contou com o apoio do Comando de Operações Especiais (Cope) da Seap, da Polícia Civil, responsável pela perícia do local e da Polícia Militar. A unidade segue sem alterações e opera normalmente.

FONTE: HOJE EM DIA

ACIDENTE COM ÔNIBUS DA EMPRESA GONTIJO PRÓXIMO A CIDADE DE OLIVEIRA

A imagem pode conter: 1 pessoa, atividades ao ar livre e natureza
19 NOV 2018
Ônibus da Gontijo que saiu de Montes Claros para São Paulo bateu na traseira de um caminhão e tombou hoje de madrugada, próximo a Oliveira.
Motorista morreu e 16 passageiros feridos.

Imagens: CBMMG

domingo, 18 de novembro de 2018

Compre já o seu COLDRE na loja D'POLICE com preço de oportunidade para os profissionais da segurança.

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Resultado de imagem para loja depolice

TRABALHADO QUE FALTAR SEM JUSTIFICAR PERDE PARTE DAS FÉRIAS

Saiba mais no artigo 130 da Consolidação das Leis do Trabalho: http://bit.ly/2KLsLx0 

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Policial civil foi vítima de latrocínio e morto com a própria arma no bairro Ideal em Ipatinga, afirma delegado. Quatro suspeitos estão presos e a arma recuperada

Créditos: DIÁRIO DO AÇO

Resultado de imagem para policial civil é assassinado em ipatinga aquiles


Sob comoção e homenagens prestadas por amigos e colegas de profissão, foi sepultado no fim da tarde dessa sexta-feira, no Cemitério Parque Senhora da Paz, em Ipatinga, o corpo do policial civil Aquiles Luiz de Andrade, de 34 anos.

Conforme a investigação da Polícia Civil, Aquiles foi vítima de um latrocínio (roubo seguido de morte da vítima). Nas buscas feitas por policiais militares e civis, nove pessoas foram conduzidas à Delegacia de Polícia Civil. Desse total, a polícia afirma ter provas do envolvimento de quatro: Roberth de Oliveira Farias, de 20 anos, Maxuel Marlon Gomes Laia, de 25 anos, Alysson Braz Gonçalves, de 23 anos e Daiany Cristina Goderio Santos, de 23 anos. 
Em entrevista ao Diário do Aço, no começo da noite desse sábado, o delegado de Polícia Civil, Eduardo Vinícius, afirmou que várias testemunhas já foram ouvidas no caso, e imagens de câmeras de segurança estão sendo usadas para apurar o caso. Conforme o delegado, Aquiles estava no interior do bar e, em determinado momento, ao caminhar para o banheiro esbarrou numa pilastra e sua arma, uma pistola .40 que estava em sua cintura caiu no chão.
Os indivíduos que estavam por perto aproveitaram para apanhar a arma e se recusaram a devolvê-la ao policial. O delegado afirma ter provas segundo as quais os três homens presos planejavam roubar a arma do policial há mais tempo e o fato dele tê-la deixado cair ao chão apenas apressou a execução do plano de roubo da pistola. “Diferentemente do que eles afirmaram durante a madrugada, assim que foram presos, o Aquiles não importunava a mulher que estava com eles.
As testemunhas não reconhecem a afirmação de que houve essa importunação. Isso é a versão deles, para justificar o ato”, afirmou o delegado. Conforme restou apurado, assim que se apoderaram da arma, os envolvidos foram para a rua foram perseguidos pelo policial, exigindo a pistola de volta.
Já na via pública foram efetuados os disparos. “Já sabemos que quem apanhou a pistola e quem também efetuou os tiros contra Aquiles foi Alysson Braz. Ele, inclusive, é o único entre os quatro, que nega a autoria do crime. Sabemos que mesmo com a vítima caída no asfalto, Alysson foi até ela e ainda efetuou mais um disparo, um tiro de misericórdia contra Aquiles. E o mais importante é que estamos com provas que eles planejavam, antes, o furto da arma do policial”, reafirmou o delegado.
A arma do policial, conforme o delegado, foi encontrada na casa de Daiany Cristina, escondida dentro de uma caixa de descarga de vaso sanitário. “Foi embrulhada em um preservativo e sacola de supermercado e colocada dentro da caixa. A intenção deles era colocar a arma no mercado”, concluiu o delegado. Ainda sobre o fato de estar com uma arma, no momento de folga e em um bar, o delegado acrescentou que a lei apenas não permite que o policial esteja armado e em estado de embriaguez. Nesse sentido o exame de necropsia poderá apontar o nível alcoólico em que se encontrava a vítima.

A entrevista completa está no vídeo logo abaixo.

Sobrevivente de grave acidente 

O policial civil Aquiles era sobrevivente de um grave acidente registrado em Ipatinga no dia 23 de março de 2017, quando a viatura em que ele estava envolveu-se em um grave acidente, na alça de acesso da Avenida Pedro Linhares Gomes (BR-381) com a avenida Cláudio Moura (BR-458), no bairro Novo Cruzeiro. Na época, o investigador Fagner Merquíades dos Santos, de 35 anos, condutor da viatura, ficou hospitalizado um mês e morreu. Dois presos que estavam no carro da polícia ficaram feridos, assim como Aquiles Andrade.

Delegado da PC explica investigação de assassinato do policial Aquiles Andrade